terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Uma experiência de vida

Antes de embarcarmos nesta viagem, nunca tínhamos imaginado o que nos iria esperar. Apesar de toda a preparação prévia e de todo o conhecimento adquirido, fomos completamente surpreendidos pela beleza e esplendor deste continente.

Sabiamos também que partilharíamos esta aventura com uma vasta equipa educacional altamente qualificada, mas não nos passou pela cabeça que estas pessoas teriam uma experiência de vida inigualável. Temos sentido um enorme privilégio em poder contactar com elas, que sempre demonstraram uma grande simpatia e disponibilidade para esclarecer as nossas duvidas, ou para, pura e simplesmente, manter uma conversa agradável e informal.

Algumas destas pessoas conhecem a Antárctica como a palma das suas mãos e ainda ontem à noite tivemos a oportunidade de conversar com os mais idosos membros desta expedição: Fred Roots e Fritz Koerner. Estes senhores têm, respectivamente, 86 e 74 anos e têm um espírito muito mais dinâmico que muitos jovens da nossa idade. É incrível como eles fazem absolutamente o mesmo que todos nos (subir a montanhas, fazer caminhadas, e tantas outras coisas), apesar de aparentemente mais limitados pelos seus corpos envelhecidos, e como adoram conversar com os mais jovens, partilhando as suas histórias e experiências. Eles estiveram na Antárctica varias temporadas, tendo sido uns dos investigadores a fazer parte da primeira expedição cientifica neste continente. Apesar de toda a sua experiência, conseguimos ainda detectar nos seus olhos o brilho de um jovem que se fascina pela primeira vez com este local extraordinário. Estes senhores são uma autêntica prova de que a jovialidade nem sempre se prende com a idade, mas sim com a mente e com o espírito. É um prazer inimaginável viver esta expedição com pessoas como eles que, para nós, são quase como heróis dos nossos tempos.

Inês Martins e Marta Alves

2 comentários:

Emiltina disse...

Que privilégio! É sem dúvida a palavra que resume a vossa condição, desde que se acrescente ... BEM MERECIDO!
Gostei muito que fossem sensíveis à parte humana e nada melhor que o contacto entre gerações!

Muito obrigada pela viagem que tb nos proporcionaram!
Beijinhos e bom regresso!

Anabela disse...

Parabéns, a todos aqueles que embarcaram nessa viagem fantástica.
A vida é assim mesmo! Às vezes, ela (a vida) recompensa-nos pelo esforço com que nos empenhamos em determinadas causas e, acabamos por sermos presenteados com coisas tão maravilhosas e tão únicas como essa viagem está a ser para vós.
Votos de um bom regresso.

Anabela Reis, Clube Europeu/MeteorEscola, Escola EB 2/3 Cidade de Castelo Branco